Francisco Bandeira de Mello e Ariano Suassuna: Em que ponte do Recife se esconde o inimigo

SINTAXE
Francisco Bandeira de Mello

.

Sentir
o eixo
da palavra

sentir
o valor
axial
de tudo

e não
achar
nada

 

Ladyanne Nascimento

Ladyanne Nascimento

ENCONTRO COM CARONTE
por Talis Andrade

.

Na tarde avulsa
Francisco Bandeira de Mello
serenamente caminha
embora esteja acesa
a chama amarela do perigo

Chegou a hora precisa
de salvar Ariano
o imperador da Pedra do Reino
Chegou a hora de salvar o amigo
das mãos do velho Caronte
que amarrou o barco
em uma das mil pontes
do Recife

Na tarde avulsa
o franciscano Francisco
serenamente caminha
O importante
o saber pela intuição
não pelo instinto
Conhecer em que ponte
se esconde o inimigo

 

Fotografia Ladyanne Nascimento

Poema de El Maria

El Maria olhos

 

 

Com minhas linhas de cerol Fiz uma cerca que cercam alguns pulsos de até criar
De até vingar
Ou até estilar
Ainda eram minhas quando perdi
Ainda eram linhas quando quebrei
Eram suas quando me enrolei
A face das contas que deixei O verde das plantas que pintei Não te falei que as marcas da carne
Juntei
Pra trocar por duas moedas
E colocar nos olhos que calei

 

 

 

el maria  6 blá