UM LUGAR DESLUMBRANTE!​

Recomenda Moacir Japiassu, escritor, jornalista e romancista:

Recebi este vídeo do considerado Eduardo Almeida Reis, jornalista e escritor do primeiríssimo time e melhor cronista diário da imprensa brasileira, que o recebeu do Paulinho Saturno.

Reserve alguns minutos e curta em tela cheia e em HD as belezas da natureza neste vídeo.

Com certeza, você vai gostar e muito desta belíssima produção sueca!

de Rainer Maria Rilke

Tradução de Angela Lago

Como bicho que bebe na fonte,
como folha que roça ao cair,
como boca ou mão que defronte
está prestes a afagar ou sorrir,

tantas variações e a vida sossega,
tantos sonhos para a dor cochilar:
ó você do coração que se entrega,
vá procurar alguém e consolar.


Tel cheval qui boit à la fontaine,
telle feuille qui en tombant nous touche,
telle main vide, ou telle bouche
qui nous voudrait parler et qui ose à peine -,

autant de variations de la vie qui s’apaise,
autant de rêves de la douleur qui somnole:
ô que celui dont le coeur est à l’aise,
cherche la créature et la console.