Surrealismo da censura mineira: prisão, invasão de residências e assédio judicial

por Geraldo Elísio

minas notícias

censura governador tucano PSDB

O mundo inteiro se espantou com as revelações dos Wikileakcs de Julian Assange, hoje vivendo no exílio.

A terra ficou assombrada com as revelações do ex-agente norte americano Edward Snowden, hoje vivendo exilado em Moscou.

Até o Palácio do Planalto protestou criando um incidente diplomático com Obama.

Presidenta Dilma a senhora não se assusta com a espionagem da Polícia Política de Exceção do Estado de Minas Gerais não? Tudo com a cumplicidade de parte dos Três Poderes e as Polícias Militar e Civil.

O site Novojornal está empastelado; o publicitário jornalista Marco Aurélio Carone, preso. O que ele denunciou foi o mesmo que o procurador Rodrigo Janot, da PGR, denunciou para pedir 22 anos de prisão para o ex-deputado federal Eduardo Azeredo, tucano mineiro que renunciou; o site do Américo Xavier proibido de ser divulgado; e os meus netbook, HD externo, pen drive, CDs e cadernetas telefônicas retidas pela Justiça.

Não sou marginal senhora presidenta. Tenho 72 anos de idade, uma história no jornalismo e um Prêmio Esso Regional de Jornalismo denunciando torturas quando ainda existia o AI-5.

A Folha de São Paulo noticia que Aécio vai inquirir a senhora sobre a Petrobras. É bom, faz parte da democracia. Mas em nome da mesma democracia o inquira sobre as exceções vigentes em Minas. Todos os brasileiros aplaudirão.

Anúncios

Escritores potiguares boicotados

Estamos sob a ameaça da Lei Azeredo do apagão na intenert. E agora temos o boicote das livrarias Siciliano. Coisa de máfia. De monopólio

Informa Daniel Dantas: as lojas da livraria Siciliano, em Natal, estão proibidas, por tempo indeterminado, de vender livros de autores e editores do Rio Grande do Norte.

Isso acontece em vários estados. Nas livrarias que dominam o mercado. Só vendem livros traduzidos. De vampiros e outros assombros.

Isso tem nome. Colonialismo. Morte da Cultura brasileira. Empurração de autores e costumes estranhos. Faz parte da dominação do Brasil, país do nióbio e das montadoras e oficinas estrangeiras.