Francisco Bandeira de Mello e Ariano Suassuna: Em que ponte do Recife se esconde o inimigo

SINTAXE Francisco Bandeira de Mello . Sentir o eixo da palavra sentir o valor axial de tudo e não achar nada   ENCONTRO COM CARONTE por Talis Andrade . Na tarde avulsa Francisco Bandeira de Mello serenamente caminha embora esteja acesa a chama amarela do perigo Chegou a hora precisa de salvar Ariano o imperador […]

A Estrada Real de Francisco Bandeira de Mello

BIOGRAFIA por Francisco Bandeira de Mello De Numa Pompílio vou contar a tristes história: nasceu viveu morreu. Tudo mais são águas que o absurdo cobre.   A ESTRADA REAL (POEMA PARA FRANCISCO BANDEIRA DE MELLO) por Talis Andrade . Na tarde avulsa o andarilho não apressa o passo não retarda o passo O andarilho conhece […]

Francisco Bandeira de Mello, um poeta armorial e homem público de exemplar pernambucanidade

  No fatídico dia 7 de outubro de 2011, o Jornal do Comércio publicou a seguinte notinha: “O poeta, escritor e jornalista Francisco Austerliano Bandeira de Mello, 75 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (7), no Recife, vítima de um ataque cardíaco. Francisco estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Joana. […]

Rosalvo Mello: “Quem fui eu”

MEU AMIGO ROSALVO   por Jorge Filó   Esse é o poeta Rosalvo, meu amigo da bodega do seu Artur. O conheci lá e lá fortalecemos nossa amizade. Estive viajando e só soube hoje de seu falecimento, quando li essa, diga-se de passagem, minúscula nota no JC, onde foi redator. Rosalvo era também capaz de […]

Faca que corta a tua glote e todo o gasto do teu gesto

UMA FACA SÓ LÂMINA OU SERVENTIA DAS IDÉIAS FIXAS por João Cabral de Melo Neto . (trechos) F Quer seja aquela bala ou outra qualquer imagem, seja mesmo um relógio a ferida que guarde, ou ainda uma faca que só tivesse lâmina, de todas as imagens a mais voraz e gráfica, ninguém do próprio corpo […]

Ariano Suassuna, o Imperador da Pedra do Reino

por Talis Andrade Certa vez citei o nome oficial da capital da Paraíba. Ariano Suassuna disse: – “A cidade que nasci merece um nome honrado e digno”. Então brinquei: – Que tal Compadecida? Hoje defenderia a volta do Nossa Senhora das Neves, ou novos nomes como Augusto dos Anjos e Ariano, que conheci como secretário […]

Duda Guennes

Com o sentimento do mundo MEMÓRIA O jornalismo brasileiro perde a verve do pernambucano Duda Guennes, que faleceu aos 74 anos, em Lisboa, onde morava por Flávia de Gusmão O jornalista pernambucano Eduardo Guennes Tavares de Lima, o Duda Guennes, correspondente do Jornal do Commercio e autor da mais antiga coluna da imprensa de Lisboa, […]