Independência ou morte


andradetalis

Fala-se muito em Liberdade de Imprensa, mas nenhuma redação no Brasil tem autonomia para selecionar as mensagens. A política editorial é imposta pelo patronato, via o mando abusivo dos capatazes que exercem cargos de chefia, cargos preenchidos pelos empregados da máxima confiança.

A primeira vez que falei de Estatuto de Jornalismo no Comunique-se, fui tachado de utópico, um velho Dom Quixote, (di)vagando na internete.

Os jornalistas sempre aceitaram que a opinião fica para o editorial. Que não leva assinatura. E deixa a dúvida se escrito pelo patrão analfabeto ou pelo diretor responsável.

No Brasil foi determinado que o jornalista não pode expressar opinião. É bicho que não pensa.

Relata o que viu, com a máxima objetividade, sendo apenas uma testemunha ocular da história, a frase safada repetida na abertura do Repórter Esso.

Ou transcreve, com a máxima fidelidade, o que lhe foi dito.

Um pau-mandado que, muitas vezes, desconhece o…

View original post mais 135 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: