Independência ou morte


andradetalis

Presidenta, ou ‘a ignorância é um espanto’

por Pedro d´Anunciação/ Sol/ Portugal

Andam por aí os jornais a tratar o gosto de Dilma Rousseff em ser tratada por Presidenta (assim mesmo, com ‘a’ no fim) como uma bizarria idiomática, de cariz político semelhante ao das mulheres que preferem obrigar a palavra poeta (substantivo masculino) a funcionar nos 2 géneros, para se aplicar a elas, que a preferem ao seu feminino, poetisa.

Até pode ser que haja cariz político semelhante na coisa. Simplesmente a palavra Presidenta, como feminino do substantivo de 2 géneros Presidente, existe e é acolhida há muito nos dicionários portugueses mesmo de Portugal (ao contrário de poeta no feminino), sem precisar para nada deste último e polémico Acordo Ortográfico. Passo a enumerar o que sucede nos meus dicionários, ou naqueles a que tenho maior acesso. Na 10ª edição do Morais, datada dos anos 1940, lá vem Presidenta, de…

View original post mais 199 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: