A ALMA DE UM “OUTSIDER”


Talis Andrade

por Cristina Moreno de Castro

Comunidade para os admiradores da poesia de Talis Andrade, jornalista pernambucano que relata o mundo com a alma de um “outsider”. Que não desiste dos sonhos, mesmo quando os inimigos do povo permanecem à espreita:



”A vida não teria sentido

se não persistisse o sonho

o povo marchasse unido

para expulsar as quatro bestas espreitando

nas quatro esquinas do medo


a ganância do patronato

a covardia dos fura-greves

a brutalidade da polícia

a conivência da justiça


quatro bestas espreitando

co’as presas sujas de sangue”



Que conhece o poder da intimidade:



”Certos segredos

incertos desejos

devem permanecer
bem trancados

a sete chaves

as chaves jogadas

no rio Jordão”


Que conhece o carma de sua profissão:



”O jornalista vive

o presente finito

Tudo que escreve

tem a louvação

de um dia



O jornalista vive

o pressentimento

Amanhã pode ser dia de desemprego

Amanhã pode ser dia de…

View original post mais 348 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s