Três poemas do livro Corpos em cena de Susanna Busato


pele nua

Porque a tua
mão segura
ruptura de pele
e agulha
patrulha e segue
a minha insondável
nervura.
E porque nunca
antes tocada
a pele segura
se rasga
no paraíso e grava
língua sede e saga.

***

antes de

você me sabia
muito antes de
eu me conhecer

muito antes de
saber que você
minha sina
estava pronto
pra me ver

você me sabia
muito antes de
eu me convencer

muito antes de
pronta estava

pra tecer
a minha sina
pra vencer
a sua cisma
em me ensinar
a ter você

***

tela branca

sob o branco
a luz
sombras e curvas
grafos de peles
poros
tela branca

sob a trama
olhospestanas
pele em ondas
sua voz sob a sombra
cega
ceifa
girassóis

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s