Presa por demasiado barulho durante sexo


Jovem foi condenada a duas semanas de prisão

sexo zoada

Gemma Wale, de 23 anos, foi condenada a duas semanas de prisão pelo tribunal de Birmingham, no Reino Unido, por fazer demasiado barulho durante as relações sexuais. Os vizinhos sentiam-se incomodados com o ruído da jovem há vários meses. Queixaram-se à polícia e, em janeiro, a jovem recebeu uma ordem judicial para controlar o barulho. Como Gemma não cumpriu a ordem judicial, a juíza Emma Kelly aplicou-lhe uma pena de duas semanas de prisão. “A Gemma começava a gritar tanto enquanto tinha sexo que nos acordava”, explicou um dos vizinhos, citado pelo site ‘News.com.au’. Por C.C. In Correio da Manhã. Portugal

Proibir fazer sexo na intimidade de um quarto, de porta e janela fechadas, um abuso. Toda mulher tem o direito ao orgasmo. O direito de ser feliz. Indecente é o PSDB realizar panelaço nas varandas dos prédios de luxo, depois das 21 horas. Toda manifestação política é um direito do povo em geral. A imoralidade está na apologia do retorno da ditadura. Coisa do demo e da extrema-direita. O nazismo é a morte da liberdade. Da democracia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s