Espírito Santo sem governo e justiça demais


andradetalis

BRA_AGAZ justiça cega

Antes tarde do que nunca. A Gazeta informa que, ficou adiada para a semana que vem, as  demissões no poder judiciário do Espírito Santo. O presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJES), desembargador Sérgio Bizzotto, assinou um ato normativo, a ser publicado na segunda-feira, determinando a exoneração de todos os servidores comissionados ligados aos gabinetes de desembargador que estejam vagos – no caso, os de Catharina Maria Novaes Barcellos e Carlos Roberto Mignone, ambos aposentados recentemente. Na mesma medida, as cadeiras serão declaradas congeladas.

Por determinação de Bizzotto, também serão canceladas as funções de confiança desses gabinetes. Tudo gente desnecessária. Que a justiça é cara e falha no Brasil todo. O Tribunal de Justiça de São Paulo é o maior do mundo, com 360 desembargadores.

São Paulo é o estado mais violento. Nos anos ímpares, o governador Alckmin confessa que divide o poder com um governo paralelo, cujo chefe domina…

View original post mais 125 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s